Corra sem dor no quadril

Corra sem dor no quadril

A corrida é um esporte que causa um grande impacto nas articulações, incluindo a articulação do quadril. Por isso, separamos as lesões mais comuns, e com essas informações é possível preveni-las para evitar processos inflamatórios iniciais a lesões crônicas associadas a dor diária.

Normalmente iniciam com processos inflamatórios, resultando em lesões articulares e por fim, fratura por stress.

• Processos Inflamatórios: As inflamações mais comuns são bursites e as tendinites, como a tendinite glútea que esta normalmente associada a bursite do trocanter (fêmur), e suas características são dores na coxa e na região lateral do quadril. Tem dois processos inflamatórios que são comuns nas mulheres:

– Dor na região da cintura (crista ilíaca): entesite proximal do trato iliotibial (processo inflamatório entre o tendão e o osso, no quadril).

– Tendinite no músculo psoas – responsável pela flexão do quadril (a dor referida é na virilha).

• Lesões articulares: Ocorre normalmente pelo impacto do fêmur no seu local de encaixe (acetábulo), isso gera uma lesão no labrum articular (responsável pela proteção e estabilização da articulação do quadril), a dor referida é de fisgada, levando a estalos e um eventual bloqueio articular. O processo crônico resulta em desgaste ósseo por contato direto do fêmur no acetábulo e uma futura artrose na região.

• Fratura por stress: Ocorre mais em corredores de maratonas e de longa distância devido a uma grande sobrecarga articular comparado a treinos mais curtos.

Dicas para Prevenção de Lesões:

• Fortalecimento muscular: É fundamental e de extrema importância fortalecer os músculos de todo o corpo, pois é exigido de forma global, porém tem que enfatizar os músculos mais sobrecarregados durante a atividade como o POWER HOUSE (músculos abdominais, glúteo e assoalho pélvico), responsáveis por estabilizar a coluna vertebral, quadril e equilibrar os braços e pernas e os músculos da perna de uma forma geral.

• Alongamento Muscular: Responsável pela recuperação do músculo, promovendo o seu relaxamento e principalmente equilibrando os para que executem os movimentos de forma harmônica.

E por fim, é importante ressaltar a importância da manutenção do peso, pois um indivíduo acima do peso sobrecarrega as articulações em uma média de 10 vezes a mais.
Por tudo isso, antes de iniciar qualquer atividade, procure profissionais que estabeleçam um treinamento de forma adequada e individualizada adaptando a necessidade de cada pessoa.

Se você gostou dessas informações e conhece alguém que pode se beneficiar compartilhe esse texto e marque essas pessoas nos comentários em nossas redes sociais.

Dra. Nadja Hollerbach Cardoso Ferreira – Crefito-3/121005-F
Fisioterapeuta e instrutora de Pilates na WP Pilates & Saúde

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Chamar no WhatsApp