Como prevenir dores na Coluna?

dores na Coluna

A dor na coluna é uma das maiores causas que incapacitam o indivíduo de exercer seus afazeres diários. Sabe-se que 8 a cada 10 pessoas no mundo terão dores ou incômodos na coluna um dia.

Normalmente esse desconforto inicia na região lombar (lombalgia) e pode progredir irradiando para as pernas até os pés (lombociatalgia), o que é extremamente limitante.

Como falamos no texto anterior, o repouso trás alívio da dor porém o método mais eficiente são exercícios aplicados para cada indivíduo e para sua problemática com finalidade de fortalecer os músculos para sustentação da coluna.

As pessoas que já tiveram dor na lombar, não vão evitar outro episódio ficando sentada ou em repouso e principalmente durante a fase crônica da dor, o repouso tem sido evitado.

Porque esperar sentir dores se podemos evitá-las?

O método mais eficiente hoje é o fortalecimento (tonificação) dos músculos profundos do abdômen e do tronco (power house ou CORE) associado a exercícios de mobilidade articular e alongamento muscular.

Porém é de extrema relevância lembrar que para prevenir lesões futuras e para manter o resultado é necessário realizar esses exercícios de forma contínua, pois se voltamos ao sedentarismo, essa musculatura enfraquece e a sobrecarga para as articulações vertebrais aumentam resultando em lesões como hérnia de disco, listeses vertebrais (escorregamento entre duas vértebras) entre outros.

O que acontece com o nosso corpo ao praticar exercícios que promovem a sustentação para a coluna vertebral?

Ao iniciar esses exercícios, aumentamos o suporte sanguíneo para os músculos profundos e associado a um bom alinhamento postural aumentamos o espaço entre os discos intervertebrais separando uma vértebra da outra, diminuindo então, a sobrecarga sobre as últimas vértebras (lombar e lombo-sacral).

E além desses benefícios, fortalecemos esses músculos mantendo-os preparados para sobrecarga das posturas que adotamos durante o dia a dia, seja (sentado, em pé e até durante o sono).

Como ganhar estabilidade para coluna vertebral?

Como falamos acima, esses músculos envolvem articulações como as vértebras e por causa disso os treinos estão mudando suas características, como: pensar em fortalecer o corpo como um todo e não somente sentar em uma máquina e trabalhar o músculo de forma isolada.

Ao isolar os grupos musculares, não causamos nenhuma demanda para estabilidade da coluna, e para mante-la íntegra precisamos de estratégias para um trabalho mais complexo, tais como fortalecer o maior número de grupos musculares e trabalhar equilíbrio ao mesmo tempo.

Por isso, técnicas como o Pilates estão em alta. Além de ser uma atividade de baixo impacto, requer uma exigência maior de estratégia motora e de equilíbrio e fortalece as fibras musculares profundas que tem como objetivo de sustentar todas as articulações do nosso corpo.

Pontos importantes para a prática de exercícios físicos e na prevenção de dores:

Frequência nos treinos: Não é porque obtemos resultado, seja diminuindo as queixas ou ausência da mesma, que devemos voltar ao sedentarismo. Nossos músculos precisam trabalhar como fortalecer e alongar para manter saudável e para evitar futuras lesões.

Ganho de resultados: Para se beneficiar dos resultados, precisa praticar exercícios com frequência e aos poucos ir aumentando seus estímulos, modificando estratégias que exigem mais dos músculos, sempre de forma gradativa e de acordo com o rendimento de cada indivíduo.

Trabalho individualizado: É de suma importância o fisioterapeuta pensar em quais exercícios deve – se trabalhar com seu paciente de forma individualizada através de seus relatos de dores e necessidades para o seu cotidiano (trabalho, lazer e esportes que pratica), para que a postura seja adaptada para cada situação.

Consciência Corporal: A melhora é um dos benefícios da prática com exercícios individualizados que fortalecem os músculos profundos que estabilizam a coluna priorizando assim, reeducar a postura para a sobrecarga das atividades diárias e de qualquer esporte.

Power House ou Core: Significa centro de força, que é a contração dos músculos profundos que são responsáveis para sustentação (estabilidade) da coluna, aliviando as dores e prevenindo – as também.

Para manter o corpo saudável pensando na prevenção da dor, é importante estabilizar a coluna através do fortalecimento dos músculos profundos e assim estar preparado para atividades de maior impacto.

Dra. Nadja Hollerbach Cardoso Ferreira – Crefito-3/121005-F
Fisioterapeuta e instrutora de Pilates na WP Pilates & Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Chamar no WhatsApp