A importância do Pilates na Terceira idade

A importância do Pilates na Terceira idade

Sabemos que para envelhecer com saúde e qualidade de vida é preciso cuidar do corpo e da mente. O Pilates pode ser um ótimo aliado nesse processo, trazendo inúmeros benefícios na terceira idade e proporcionando mais disposição e bem-estar nessa fase tão importante da vida.

Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o envelhecimento e quais são suas implicações.

O envelhecimento nada mais é do que um processo natural onde ocorrem alterações fisiológicas no organismo que levam a uma diminuição da capacidade funcional, ou seja, o indivíduo passa a ter mais dificuldade em realizar suas atividades do dia a dia e em manter sua independência. Outro fator importante que interfere na capacidade funcional do idoso são as doenças crônico-degenerativas, como por exemplo, a osteoartrite e osteoporose, que com o tempo geram limitações que podem comprometer a independência e autonomia dos idosos.

A diminuição da capacidade funcional está diretamente ligada a um maior risco de quedas e a uma baixa qualidade de vida. Então afinal, como o Pilates pode ajudar ?

O Pilates é um método que trabalha o corpo de forma global e não apresenta impacto.

Quais são os beneficios do Pilates para idosos ?

Como benefícios, podemos citar:

– Fortalecimento muscular

– Flexibilidade

– Prevenção e tratamento de lesões

– Melhora do equilíbrio e da coordenação motora

– Melhora da postura

– Alívio de dores

– Melhora do estresse e da auto-estima

Entre muitos outros.

Concluindo…

Portanto, o Pilates na terceira idade pode proporcionar todos esses benefícios, diminuindo o risco de quedas, suas limitações e tornando as atividades do dia a dia mais fáceis e gratificantes. Tudo isso concede ao idoso uma melhora da sua saúde e qualidade de vida.

Gostou dessas informações? Quer começar a praticar Pilates?



Vou deixar aqui uma frase do grande Joseph Pilates, criador do método, para sua motivação.

“Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem.”


Se você gostou dessas informações e conhece alguém que pode se beneficiar compartilhe esse texto e marque essas pessoas nos comentários em nossas redes sociais.


Um abraço!

Dra. Leticia Dias Pinto de Oliveira – Crefito 3/259894-F
Fisioterapeuta da WP Pilates e Saúde

Deixe uma resposta