<strong>Conheça os tipos de hérnia de disco e como tratar cada uma delas</strong>

Conheça os tipos de hérnia de disco e como tratar cada uma delas

Muitas pessoas sentem fortes dores nas costas e nem imaginam que estão com uma discopatia. O problema, causado principalmente pela má postura e por esforços repetitivos, afeta a saúde e a qualidade de vida dos pacientes, os quais podem sofrer com diferentes tipos de hérnia de disco.

No texto a seguir, vamos falar sobre as diferentes variações da hérnia de disco e qual o melhor tratamento para cada tipo. Vamos lá?

Antes de aprofundarmos sobre os diferentes tipos de hérnia de disco, vamos recordar o que é este problema que afeta tantas pessoas nos dias atuais.

A hérnia de disco é o abaulamento do disco intervertebral, uma estrutura cartilaginosa presente entre as vértebras que confere rigidez e flexibilidade à coluna. O disco é responsável por evitar o contato direto entre uma vértebra e outra, prevenindo atritos e lesões, além de amortecer o impacto gerado por corridas e saltos.

Quais são os tipos de hérnia de disco?

A hérnia de disco pode se manifestar de três diferentes maneiras. São elas:

Protusão discal

Trata-se do tipo mais comum de hérnia de disco, caracterizado pelo alargamento do núcleo do disco – que perde seu formato oval, porém permanece intacto. Com isso, suas paredes podem tocar em regiões de grande sensibilidade dos nervos, o que causa dores e incapacidade de fazer alguns movimentos.

Hérnia de disco extrusa

Mais grave do que a anterior, a hérnia de disco extrusa provoca deformidades no disco, o qual fica tão fragmentado a ponto de ser expulso, se assemelhando a uma gota. Quando esse tipo de rompimento ocorre, um líquido gelatinoso presente no interior do disco sai pela fissura na membrana e perde o contato com o meio interno.

Hérnia de disco sequestrada

Trata-se do tipo mais grave de todos, pois danifica tanto o disco que pode até mesmo parti-lo ao meio. Quando isso acontece, o líquido gelatinoso penetra o canal medular e pressiona a raiz nervosa, o que causa compressão contínua, inflamação e muita dor.

Uma pessoa pode ter mais de um tipo de hérnia de disco, a qual corre o risco de evoluir e atingir um nível mais elevado de gravidade com o passar do tempo. O problema pode ser classificado ainda de acordo com sua localização – póstero ou póstero lateral.

Uma hérnia póstero lateral pressiona o nervo, causando sensação de formigamento, perda da sensibilidade e fraqueza em um braço ou uma perna. Quando a discopatia é posterior, a região pressionada é a medula e, por isso, os sintomas podem surgir nos dois braços e pernas.

Como é feito o tratamento de hérnia de disco?

O tratamento da hérnia de disco varia de acordo com o tipo da doença. Na protusão, o uso de analgésicos e anti-inflamatórios, sessões de fisioterapia com exercícios de alongamentos e flexibilidade, pilates e osteopatia (que consiste em estalar a coluna e realinhar as vértebras e articulações) costuma ser suficiente para amenizar os sintomas.

Para que o tratamento seja mais eficaz, é importante que o local exato da hérnia seja identificado, assim como seu tipo. Recomenda-se que o paciente fique afastado de atividades que desencadeiam a hérnia, não faça esforços e não pratique exercícios físicos durante a recuperação.

Quando a terapia é feita adequadamente, os sintomas desaparecem no prazo de um a três meses. No entanto, é importante destacar que cada indivíduo responde de forma diferente, o que pode fazer com que esse tempo seja um pouco maior.

No caso da hérnia de disco extrusa ou sequestrada, quando as medidas clínicas e fisioterápicas não são suficientes para amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente, pode ser preciso optar por um tratamento mais invasivo, como a cirurgia. O ideal é procurar um médico especialista para ter um diagnóstico e receber o tratamento correto.

Os diferentes tipos de hérnia de disco devem ser diagnosticados e tratados corretamente para que os sintomas cessem e deixem de prejudicar a qualidade de vida de uma pessoa. Se você está passando por isso, não deixe de procurar um médico para receber a ajuda necessária. Assim, será possível recuperar sua saúde e voltar a ter uma vida sem dor.

Na WP Pilates nós oferecemos técnicas de tratamento para a coluna vertebral e os diferentes tipos de hérnia de disco com especialistas internacionais que avaliam a melhor forma para tratar a dor, com um atendimento personalizado.

Fonte: Salvape

© 2020 Feito por Sala5 Comunicação.