Crossfit e Ombro: Por que o ombro é o complexo articular mais acometido em praticantes de Crossfit?

Crossfit e Ombro: Por que o ombro é o complexo articular mais acometido em praticantes de Crossfit?

* “O ombro foi a principal articulação acometida por lesões devido aos treinamentos de Crossfit. Segundo os estudos, esse resultado está relacionado à execução de alguns exercícios que vêm sendo considerados lesivos – como overhead squat, push press, kettlebell swing e snatch”.

Com o trecho desse artigo científico começo o texto sobre: por que o ombro é o complexo articular mais acometido em praticantes de Crossfit?

O ombro pertence ao grupo de articulações que possuem três graus de liberdade (flexão, extensão – abdução, adução – rotação interna e externa), todos esses movimentos ainda podem ser combinados. Assim, com tanta liberdade, o complexo articular do ombro se torna “mais” suscetível a certas lesões.

Tendinopatias e rupturas ligamentares/tendíneas são bem comuns na execução destes movimentos em padrões não ideais. 

Os chamados exercícios overheads (amplitudes acima da cabeça com carga – ex: barra olímpica ou kettlebell) estão presentes em basicamente todos os treinos. Sendo assim, um acúmulo de estímulos sendo eles por aumento de demanda (quantidade de exposição) ou mesmo por um movimento ruim em determinada região irá gerar possíveis lesões.

Para que tais lesões não ocorram, devemos entender a mecânica de cada exercício, inserindo uma boa estabilidade e construir ótimas sinergias para que o movimento seja guiado de forma o mais segura possível.

Se você gostou dessas informações e conhece alguém que pode se beneficiar, compartilhe este texto!

Dr. Neto Ribeiro – Crefito3\ 257794-F
Fisioterapeuta e instrutor de Pilates na WP Pilates & Fisioterapia

*Referência: Wang H, Cochrane T. Mobility impairment, muscle imbalance, muscle weakness, scapular asymmetry and shoulder injury in elite volleyball athletes. J Sports Med Phys Fitness. 2001; 41(3):403.

© 2020 Feito por Sala5 Comunicação.