Lesões comuns nas corridas

Lesões comuns nas corridas

Uma das queixas mais comuns em corredores são as dores na parte da frente do joelho, muitas vezes associada a duas disfunções musculoesqueléticas bem comuns também chamadas de condromalácea e dor patelofemoral.

Ambas as disfunções se refletem em queixas dolorosas, principalmente no final da corrida. Depois do início da dor durante a corrida, ela pode dar sinais em outras atividades como subir e descer escada ou agachar. Muito comum também o indivíduo já relatar esta queixa antes mesmo de se iniciar com a prática da corrida.

Dois movimentos provavelmente irão contribuir para que haja tal situação:

  • Valgo do joelho – famoso joelho para dentro (aumento de sobrecarga na patela associada também ao aumento da flexão excessiva do joelho).
  • Flexão excessiva – correr afundando/agachado (aumenta o ângulo de flexão do joelho e sobrecarrega estruturas da região anterior do joelho).

Mas o que pode estar causando tais movimentos durante a nossa corrida?

É bem provável que uma falha na sua sustentação vertical (valgo do joelho) e a entrada do pé a frente do centro de pressão do corpo (dor patelofemoral), ambos os pontos já foram discutidos aqui nos textos: como manter sustentação vertical e overstride.

Ao ver o indivíduo correr podemos analisar a biomecânica e entender o que falta ou o que ele precisa para se sustentar bem verticalmente ou mesmo trazer esse contato com o solo mais próximo do centro de pressão, evitando que ele afunde muito na hora da passada.

Outra queixa bem comum entre os corredores é aquela dor chata no final do treino e cada vez mais aparece mais cedo, principalmente em treinos longos, tendo uma caraterística matinal ou depois de um longo período de repouso, ficando um pouco mais intenso durante os primeiros passos ao levantar. Por vezes, tende a desaparecer assim que o corpo se aquece, mas após a sessão de treino está ela ali de novo dando sinais.

Então estas são as características bem comuns da Fascite Plantar (dor na planta/sola do pé).

Como aqui nós tratamos a causa da queixa e não a doença, temos algumas possíveis causas dessa queixa funcional.

A fáscia plantar é um tecido do nosso corpo como qualquer outro, se este tecido sofre qualquer tipo de sobrecarga ou aumento de demanda, ela dará alguns sinais que já citei acima.

Mas o que pode levar a ter esses desconfortos? Mecânica ruim novamente?

Sim, mais uma vez o movimento tem influência nesta queixa. A fascite plantar está relacionada como uma perda de sustenção do peso do nosso corpo que acaba sendo transmitida para a parte da frente do pé (antepé) de maneira abrupta. Outro fator que pode ser o causador é a pronação de forma abrupta sobrecarregando a fascia plantar.

Todos esses pontos são advindos de uma sustenção vertical não efetiva e ideal.

Mais uma vez lembrando que a corrida é uma atividade cíclica que repete muito o mesmo movimento, então tais tecidos estão sendo agredidos em baixa intensidade, mas sempre numa frequência constante.

Conhece alguém que corre e sempre se queixa de dores na frente do joelho? Marque ele aqui nessa publicação para que saiba um pouco mais sobre como essas lesões aparecem e como podemos ajudá-lo a aperfeiçoar, melhorar seu desempenho e assim evitar as lesões.

Dr. Neto Ribeiro – Crefito 3/ 257794-F
Fisioterapeuta e Instrutor de Pilates na WP Pilates &Saúde; Fisioterapia

© 2021 Feito por Sala5 Comunicação.           Razão social: WP Fisioterapia e Saúde Ltda                                                                               CNPJ: 18.804.945/0001-21