Como acontecem as lesões esportivas?

Como acontecem as lesões esportivas?

Antes de responder a pergunta que é o tema do nosso tema, irei explicar sobre as lesões por macrotraumas e lesões por microtraumas, pois assim será mais fácil o entendimento das lesões.

Macrotraumas, são lesões de pouca frequência (pode ocorrer uma única vez) com alta energia em determinada região (ex: uma fratura por impacto em um luta ou no jogo de futebol, um entorse de tornozelo descendo um escada, aonde um ligamento se rompa). Precisou apenas de um episódio para que ocasionasse uma lesão.

Microtraumas, são lesões de muitas repeticões, com uma intensidade pequena em determinada região (ex: um movimento inadequado que gera um tensão ou fricção em um tecido que a longo prazo dará sinais de desgaste por conta do excesso de pequenas repetições ali).

Fazendo um paralelo com ditado popular, os microtraumas se traduzem em “água mole e pedra dura, tanto bate até que fura” e assim iremos iniciar o nosso raciocínio do texto.

As lesões do aparelho locomotor pode ter outros fatores que ajudam no processo, como idade, má alimentação, descanso inadequado e afins, esses fatores podem aumentar ou diminuir a resistência do tecido, mas a lesão em si está relacionada ao fator MECÂNICO. Por exemplo o que faz o seu joelho doer é carga exercida no tecido e não a má alimentação (ela contribui, mas é a causa direta para que ocorra a dor).

Ossos longos se beneficiam de cargas axiais (cargas de cima pra baixo), todos movimentos com ou sem carga neste sentido será benéfico para nossos ossos.

Quando o movimento implica numa força que sai desse sentido e passa a transmitir forças de torções ou forças diagonais, nosso tecidos ósseo irá  sofrer a partir de uma frequência elevado de repetições de baixa intensidade. Isso se aplica a tendões também, nosso tendões contam com uma orientação certa de suas fibras, as fibras sustentam tensões advindas do torque muscular para que haja a movimentação articular. Se metade dessas fibras estão fazendo o papel dentro da orientação correta e a outra metade está em outro sentido por de uma movimento inadequado, o tecido nos dará sinais de desconforto a principio e a longo prazo sinais de dor.

Para terminar as lesões de microtraumas são lesões de repetições e baixa intensidades, advindas de sobrecarga mecânica em determinado tecido (ósseo, ligamentar ou tendineo), devido a falta dos pilares de um movimento ideal . Assista também o video no youtube “Existe um movimento ideal no esporte?

Gostou desse texto? Quer saber mais sobre se há um movimento ideal para que não ocorra tais lesões? Compartilhe com que possa se beneficiar e deixe aqui o seu comentário…

Um abraço!


Dr. Neto Ribeiro – Crefito3/ 257794-F
Fisioterapeuta e instrutor de Pilates na WP Pilates & Fisioterapia

Deixe uma resposta