Positivo e agora?

Positivo e agora?

Esse é um momento único e mágico na vida de uma mulher, a partir do primeiro momento em que se descobre a gravidez, sendo planejada ou não, surgem muitas dúvidas, dentre elas estão: Continuo com os meus exercícios? Começo agora uma rotina de atividade física? Como vai ficar meu corpo? E depois que o bebê nascer?

É muito importante que essa gestante tenha um acompanhamento de um profissional capacitado para atende – la e que passe bastante segurança com relação a essas dúvidas. Estaremos aqui neste blog para esclarecer as principais dúvidas relacionadas a esse período de muitas mudanças físicas e psicológicas na vida de uma mulher.

O Pilates é um método que irá auxiliar a minimizar os efeitos que essas transformações terão sobre o corpo dessa gestante. Através de exercícios de alongamento, fortalecimento, equilíbrio, consciência corporal, entre outros. Sempre escolhidos de acordo com a condição física da aluna. Algo que será de extrema importância na escolha do repertório utilizado, será o histórico de atividade física, ou seja, o que ela fazia antes de estar grávida.

Para as praticantes do método ou até mesmo de outras modalidades, o ideal é que comecem ou continuem com os exercícios do Pilates, desde que seja com um profissional habilitado, exceto em alguns casos em que a gestante apresente alguma intercorrência médica. Lembrando que é de extrema importância, a liberação do obstetra, já que ele é o único realmente saberá da condição clínica dela.

Em minha opinião e experiência clínica, acredito que mesmo uma gestante sedentária, pode iniciar com os exercícios do método no primeiro trimestre, por serem extremamente seguros. Mas o que encontramos na maioria dos casos é a liberação a partir do segundo trimestre para essas mulheres. As quais acredito que já poderiam iniciar ao menos o trabalho de respiração e ativação da musculatura profunda (power house), enquanto aguardam esse aval do médico.

Devemos iniciar no ritmo em que ela estava habituada, com as praticantes, ainda podemos manter os mesmos exercícios, com alguns cuidados, como por exemplo, evitar o máximo de amplitude nos alongamentos, pois como as articulações estão sob o efeito da relaxina, podem ter a falsa impressão de flexibilidade e acabar lesionando a musculatura.

E com as sedentárias, devemos focar nos Princípios incialmente, para que elas melhorem a consciência corporal, e que possam usufruir dos benefícios do método de uma maneira segura e eficaz. Exercícios leves a moderados são indicados a partir do momento em que elas estão dominando os princípios.

Cuidado principalmente com os exercícios que coloquem a gestante em RISCO DE QUEDA!!!

Nem todas estarão muito dispostas para iniciar com os exercícios no primeiro trimestre, mas é importante que nós como profissionais incentivem a prática, já que assim conseguiremos juntas uma gestação muito mais saudável e uma excelente recuperação no pós-parto.

Mostre pra ela os reais benefícios do método e traga essa gestante para o Pilates o quanto antes!!

Nos próximos textos e vídeos falaremos sobre os benefícios e exercícios seguros para serem utilizados com essas alunas mais que especiais!

Conheça o Programa de Preparação para o parto e gestação saudável da WP Pilates & Saúde clicando neste link http://pages.wppilatesesaude.com.br/pilates-para-gestantes-aulasonline

 

Dra. Patrícia de Andrade Valeriano – Crefito-3/77458-F

Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates na WP Pilates & Saúde

Idealizadora do Projeto Mamãe Saudável 

Responsável pelo curso de Pilates para Gestantes na Pilates Avançado

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
× Chamar no WhatsApp